sábado, 24 de diciembre de 2016

Low Pressure Fitness - o treino global

O treino específico para a musculatura do tronco, nomeadamente a musculatura mais profunda da região posterior do tronco e os músculos das quatro paredes abdominais (parede superior, parede ântero-lateral, parede posterior e parede inferior do abdómen) com funções postural e de estabilização da pélvis e da caixa torácica é a base do sistema de treino Low Pressure Fitness, sendo considerado uma ferramenta essencial para o treino da musculatura do tronco com ação estática. 
Quando alteramos o nosso estilo de vida para uma vida mais ativa através do treino, um dos primeiros passos a realizar, é uma avaliação pré-exercício (avaliação da aptidão cardiorespiratória, da aptidão muscular, da flexibilidade, da composição corporal) realizada por um especialista em exercício físico, que vai assegurar uma melhor e mais segura prescrição do treino, de acordo com as características individuais de cada um. Para complementar a avaliação inicial e a que é realizada ao longo da evolução do individuo, o sistema de treino Low Pressure Fitness apresenta vários testes iniciais, tais como:

- a competência e o tónus muscular da parede abdominal, ou seja como responde a parede ântero-lateral do abdómen a um aumento de pressão (por exemplo, a tosse) e qual o grau de tensão que apresenta em repouso. Uma parede abdominal tonificada apresenta um certo grau de tensão em repouso que lhe permite gerir eficazmente os aumentos de pressão intra-abdominal, tais como, a tosse, espirros, levantar pesos, treino etc 

Quando o indivíduo apresenta uma desprogramação da parede ântero-lateral do abdómen para a sua função de suporte aumenta o risco de lesão, nomeadamente o risco de hérnia abdominal que corresponde a uma zona de fraqueza da parede abdominal onde parte do intestino ou de outro órgão da cavidade abdominal fazem saliência para o exterior, sendo as mais comuns a hérnia umbilical, mais frequente no género feminino e a hérnia inguinal, mais comum no género masculino. Quando ocorre um aumento de pressão intra-abdominal e se a parede abdominal apresentar um tónus muscular baixo existe maior risco de lesão, por isso é essencial avaliar e prescrever o treino adequado para evitar esta situação. O sistema de treino Low Pressure Fitness assegura uma eficaz tonificação muscular da parede ântero-lateral através de uma visão mais global, ou seja, através de um trabalho postural e respiratório sem aumento de pressão.

- o tónus muscular do diafragma torácico. Uma postura desadequada conduz a um enfraquecimento da musculatura da região posterior do tronco com funções predominantemente estáticas que vão aumentar a tensão sobre o diafragma torácico, o principal músculo responsável pela inspiração, e consequentemente sobre a parede ântero-lateral do abdómen e parede inferior (músculos do pavimento pélvico). Desta forma, é essencial realizar um trabalho de libertação miofascial do diafragma torácico em conjunto com outras técnicas de reeducação respiratória e postural que asseguram uma normalização do tónus muscular;

- o teste da distância inter-retos para verificar a existência de diástase abdominal (aumento da distância horizontal entre os bordos internos dos músculos retos do abdómen), sendo de especial interesse avaliar a mulher na fase de pós-parto, uma vez que pode comprometer as funções da parede abdominal, tais como a estabilização da coluna vertebral, tórax e pélvis, a mobilidade (extensão, flexão, flexão lateral e rotação), a regulação da pressão intra-abdominal e a expiração forçada.


Para a avaliação da parede inferior do abdómen, ou seja, os músculos do pavimento pélvico trabalhamos em conjunto com fisioterapeutas especializados em uroginecologia que asseguram uma avaliação rigorosa e tratamento, se necessário, das disfunções ao nível do pavimento pélvico, tais como a disfunção urinária, o prolapso visceral, a disfunção sexual, a dor pélvica e a disfunção anorectal. O sistema de treino Low Pressure Fitness atua na prevenção e como um meio complementar ao tratamento para restabelecer a função da musculatura (suportar os órgãos pélvicos, manter a continência urinária e fecal, garantir a estabilidade da região lombo pélvica, fechar a pélvis óssea, micção, defecação, parto e relações sexuais) e garantir no caso do treino, uma redução do risco de lesão e uma melhor qualidade de vida.

Um sistema inovador de inteligência postural que engloba diversas áreas, tais como a libertação miofascial, os exercícios neuro dinâmicos, a reeducação respiratória e postural e a técnica hipopressiva, com a metodologia didática mais avançada em ciências do exercício físico é o conceito atual desenvolvido pelo sistema de treino Low Pressure Fitness, sendo que a técnica hipopressiva é considerada a base, e consiste na conjugação da técnica postural com quatro indicações que devem ser mantidas ao longo da sessão - alongamento axial da coluna vertebral, alongamento cervical, ativação da cintura escapular e inclinação do eixo de gravidade - com a técnica respiratória, respirações torácico-diafragmáticas seguidas de fases de abertura costal em apneia expiratória. Com o treino regular de Low Pressure Fitness conseguimos melhorar a tonicidade muscular da musculatura do tronco com ação estática devido à regulação do tónus postural geral. Considerada uma técnica holística consegue englobar diversos benefícios tais como:

- tonificar a musculatura da parede ântero-lateral do abdómen e como consequência irá reduzir o perímetro da cintura;
- gerir eficazmente os aumentos de pressão intra-abdominal;
- prevenir disfunções do pavimento pélvico, sendo eficaz como complemento, em caso de tratamento realizado por um fisioterapeuta especializado em uroginecologia;
- prevenir vários tipos de hérnias;
- melhorar a função respiratória;
- reeducar a postura;
- melhorar a mobilidade articular e a flexibilidade;
- reduzir as tensões musculares;
- melhorar a qualidade de vida

Dado o tipo de treino em que consiste, Low Pressure Fitness é adequado para todas as pessoas que pretendam alcançar os benefícios descritos. É um sistema que engloba várias áreas, e é facilmente adaptável a qualquer pessoa, sendo de destacar ser considerado uma das melhores formas de recuperação física na fase de pós-parto, incidindo sobre as estruturas que sofreram maiores alterações e que necessitam ser restabelecidas para realizarem eficazmente as suas funções de base para o movimento.

O Internacional Hypopressive and Physical Therapy Institute foi criado pela Dr.ª Tamara Rial, Piti Pinsach e Camilo Villanueva em Espanha com o objetivo de promover a investigação científica, o desenvolvimento, a inovação e a expansão internacional de Low Pressure Fitness, o seu programa de formação e que, atualmente está presente em vários países, tais como Portugal, Brasil, Canadá, Reino Unido, Austrália, Itália, México, U.S.A etc. 

Eunice Moura

 
Gym Factory Portugal © 2014 gymfactory.net & Gym Factory . ...